Os melhores profissionais da saúde em um único lugar!

Métodos Anticoncepcionais: Principais Mitos


Métodos Anticoncepcionais: Principais Mitos

1. Qualquer mulher pode usar pílula anticoncepcional? Não. Antes de iniciar o uso, a mulher deve ser avaliada pelo seu ginecologista para identificar se existe alguma doença que possa contraindicar o método, e também para avaliar a medicação mais adequada a depender de seu quadro clínico, com exemplo a pele oleosa, TPM, Sindrome de Ovários Policísticos ou outras patologias e sintomas que possam existir.

2. Deve-se parar o uso da pílula para descansar o organismo? Mito. O organismo leva um tempo para se adaptar aos hormônios das pílulas, e depois atinge um equilíbrio, e o risco de trombose é maior nos 3 a 6 primeiros meses de uso, e depois diminui consideravelmente. Portanto, parar e voltar ao uso da medicação só fará com que o organismo saia desse equilíbrio.

3. Usar a Pílula por longos anos afeta a Fertilidade? Mito. Não existe nenhuma comprovação cientifica. A pílula não tem efeitos cumulativos e a fertilidade pode retornar no mês seguinte. A não gravidez pós suspensão do uso do anticoncepcional podem ocorrer por outros problemas, como a idade avançada, disfunções hormonais, baixa reserva ovariana ou infecções genitais.

4. Usar a mesma pílula por muitos anos pode diminuir sua eficácia? Mito. A melhor pílula é a que você está adaptada e com o mínimo de efeitos colaterais, deste modo só mude de pílula se ela estiver causando algum problema.

5. Mulheres tabagistas têm risco de usar pílulas anticoncepcionais? Verdade. De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), o medicamento não deve ser tomado por mulheres que fumam e têm mais de 35 anos de idade, pelo risco de trombose, risco de infarto e AVC. Estes riscos se associam aos métodos anticoncepcionais que contenham Estrogênio em sua constituição. Para esse perfil de paciente é preferível o uso de Diu de cobre ou Diu de Progesterona.

6. Usar pílula anticoncepcional engorda e da celulite? Mito. Não há comprovação que a pílula engorde diretamente, mas pode ser que aumente o desejo por carboidratos e favoreça a retenção de líquidos. Essa retenção por sua vez, pode estar relacionada à ocorrência de celulite em mulheres com predisposição e fatores genético. Mas é importante alertar que a má alimentação e sedentarismo são em geral a causa destes dois problemas.

7. Os Dius são abortivos? Mito. Esse método age deixando o ambiente uterino impróprio de forma a impedir que os espermatozoides sobrevivam, o que acaba tornando a fecundação improvável, não estando assim associado ao aborto.

8. Mulheres que nunca engravidaram podem usar Diu? Verdade. Por serem métodos reversíveis, pequenos e com poucos efeitos colaterais podendo ser usados por qualquer mulher. Inclusive, atualmente a recomendação das entidades nacionais e internacionais são o uso de Diu como método de primeira escolha para adolescentes, por sua eficácia e longo período de duração.

Fonte: Saude